Vintage Tumblr Themes
1989. Brazilian. Cis. Woman. Heterosexual.
It's true, but also contingent. ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------->hi! :3

gizasousa:

Assim como existe o racismo cordial e o machismo cordial, existe também a gordofobia cordial. Comentada assim, num tom condescendente, sabe? Esse tipo de gordofobia é difícil de identificar porque não revela o ódio expressamente, mesmo assim faz a gente se sentir tão mal e às vezes até se culpar.

image

1. Preocupação com a saúde

Acho que a mais notória face da gordofobia cordial é a preocupação extrema com a sua saúde, vinda de pessoas que nunca te viram na vida. Do nada, aquela vizinha com quem você nunca fala, te recomenda fazer exercício (true story), ou a manicure pergunta sem rodeios porque você não faz uma cirurgia de redução de estômago, ou pessoas aleatórias na fila do selfie service te dão um conselho sobre o que você deveria comer. Pois é. Completos estranhos achando que podem falar da sua vida, em nome da sua saúde.

2. Amiga magra que se diz gorda

 A gordofobia cordial também se manifesta quando uma amiga magra e querida diz que está se sentido horrível e precisa emagrecer 5kg. Diz isso sem pudores, do seu lado. Como se você, que é bem mais gorda, fosse transparente. Olha, associar feiúra e peso na frente de uma pessoa gorda é uma insensibilidade imensa, esperar que essa pessoa apóie você, é muito egoísta. Estive pensando em várias vezes que essa situação se repetiu na minha vida e hoje tenho certeza que em pelo menos metade das vezes, a pessoa queria apenas se sentir bem com o meu desconforto. Infelizmente, muitas mulheres precisam dessa rivalidade para se sentir bem consigo mesmas. Mas isso é apenas algo que o machismo nos fez acreditar e é possível desconstruir.

3. Acham que você trabalha em ocupações de menor rentabilidade/status

Eu sou arquiteta, pós-graduada. Mas já perdi a conta de quantas vezes alguém passou aqui no escritório e achou que eu era a secretária. Uma vez, uma moça que sempre vejo aqui no prédio me perguntou se eu era a faxineira. O fato aqui não é desmerecer qualquer ocupação, é mostrar que as pessoas associam a magreza ao sucesso profissional em cargos de hierarquia mais alta, que exigem mais estudo e são melhor remunerados. Há um pouco de realidade, porque algumas pessoas gordas sequer conseguem ser promovidas ou até mesmo aprovadas para vagas de emprego com a mesma facilidade que uma pessoa magra, mas simplesmente assumir que ela ocupa um cargo de remuneração menor apenas por sua forma física é gordofobia.


ourtimeorg:

She’s absolutely right.
Thanks upworthy for the image!

ourtimeorg:

She’s absolutely right.

Thanks upworthy for the image!


We never say that all men deserve to feel beautiful. We never say that each man is beautiful in his own way. We don’t have huge campaigns aimed at young boys trying to convince them that they’re attractive, probably because we very rarely correlate a man’s worth with his appearance. The problem is that a woman’s value in this world is still very much attached to her appearance, and telling her that she should or deserves to feel beautiful does more to promote that than negate it. Telling women that they “deserve” to feel pretty plays right in to the idea that prettiness should be important to them. And having books and movies aimed at young women where every female protagonist turns out to be beautiful (whereas many of the antagonists are described in much less flattering terms) reinforces the message that beauty has some kind of morality attached to it, and that all heroines are somehow pretty.


dogthing2:

HAPPY MOMMY HAPPY BABIES

dogthing2:

HAPPY MOMMY HAPPY BABIES


deathspeaker:

allow-me-to-speak:

artbymoga:

Yo refusing to walk through a door because a woman is holding it open for you is not chivalry, it’s called being an asshole.

When you hold a door open for someone, it should have nothing to do with their gender/sex/identity and everything to do with you just being a considerate human being. 

I actually had a guy grab my waist, physically pick me up, yank me off of the door handle, and carry me through the door because I did this.

I reflexively open doors for folks and older dudes seem to hate it the most.


eyareilrahc:

See this… this is how it’s done.

No “you don’t look chunky, you look beautiful.”
No “you don’t look chunky” at all.

Just complete acceptance. Yeah, you look how you do, and how you look is beautiful. Mama gets it.


oknope:

drinking too much coffee can cause a latte problems 


gameofthrones:

I say to death: NOT TODAY! Buy this at AndSoItGoesShop.Etsy.com 

gameofthrones:

I say to death: NOT TODAY! Buy this at AndSoItGoesShop.Etsy.com 


officialdogblog:

saying something stupid in front of someone you like and literally seeing any possible interest they have in you disappear right in front of your eyes

image


guroshitsuji:

don’t shit on people for having self confidence and being happy with their appearance like how bitter are you


Next Page